A sabedoria de Ana Guiomar

«Vivemos num país de opinion makers, ainda bem! Aceito a opinião de toda a gente, eu própria adoro opinar. E que bom é receber a vossa opinião para reflectir e fazer balanços. O que eu não aceito é a raiva, a maldade e a necessidade de ferir o outro de forma completamente gratuita. A ideia …

Anúncios

Factos do Ano 2018

Factos do Ano em Leiria e Região - Construção do muro ao pé do Mosteiro da Batalha - A Câmara Municipal da Leiria conseguiu uma solução para a urbanização Vale da Cabrita, ao fim de 20 anos - A Câmara Municipal da Ourém propõe taxa turística; hoteleiros de Fátima dizem não à taxa turística e …

A sabedoria de Meik Wiking (e não só)

«Louise é professora e, como a maioria dos professores dinamarqueses, preocupa-se com o bem-estar e o desenvolvimento social e emocional dos alunos, do mesmo modo que tem atenção ao seu desempenho escolar. (…) “Mostramos às crianças fotografias com diferentes expressões faciais e falamos das diversas emoções que as pessoas sentem e as razões para se …

Raciocínio versus Emoções ou as contradições do mundo de hoje

Vivemos num tempo em que políticos, economistas e decisores públicos tomam decisões colectivas (e fazem consultadoria) baseados no pressuposto de que as pessoas são todas seres racionais que fazem as escolhas acertadas sempre (o homo economics), portanto são precisos estudiosos como Daniel Kahneman e Richard Thaler para o demonstrar (essa é alias a única contribuição …

Halloween versus Todos os Santos ou como se promove o ódio no Facebook

A Imagem: O Comentário: Halloween ou Dia das Bruxas é uma celebração observada em vários países, principalmente no mundo anglófono, em 31 de Outubro, véspera da festa cristã ocidental do Dia de Todos os Santos. Muitas tradições do Halloween baseiam-se nas tradições celtas existentes anteriormente, tradições essas que foram cristianizadas pela Igreja cristã primitiva. O …

Leituras: O cânone ocidental, de Harold Bloom…

Harold Bloom é um crítico literário norte-americano e é professor na Universidade de Yale. E é um defensor ferrenho da literatura formalista (a arte pela arte). Harold Bloom defende neste livro que existe um “cânone” de livros de literatura que todas as pessoas deviam ler. Por isso estabelece uma lista cujas únicas preocupações são estéticas. …