Em defesa de um populismo

«Em 1990, o historiador Eric Hobsbawm assinalava: “o capitalismo e os ricos deixaram, até ver, de estar amedrontados”. Tinha sido em parte o medo do socialismo a alimentar a reforma social e democrática do capitalismo a seguir à Segunda Guerra Mundial. Sem este medo, o capitalismo, de novo sem freios e contrapesos sistémicos, tenderia para …

Anúncios

Grécia: Polícia invade estação pública de rádio e televisão e expulsa jornalistas barricados

«ERT foi encerrada em Junho mas alguns jornalistas despedidos continuavam a fazer emissões piratas a partir do interior das suas instalações. A polícia evacuou bem cedo nesta quinta-feira as instalações da televisão nacional grega ERT, ocupada desde Junho por alguns jornalistas que foram despedidos após a decisão do governo fechar aquela empresa pública, considerada demasiado …

Portugal: Futuro Hipotecado

«Thomas Jefferson, o pai da Declaração de Independência dos EUA, manteve até ao fim da sua vida uma hostilidade incondicional para com a especulação bancária. Ele sabia, pela sua experiência de empresário agrícola, que o crédito se tornava facilmente o veículo de uma escravatura perpétua. Por isso, Jefferson, como estadista, formulou o saudável princípio de …

Apple, monopólios e gestão do século XXI

«(...) é curioso observar a posição da Apple, enquanto empresa monopolista, e a sua relação recente com os mercados financeiros. Sem grandes incentivos ao reinvestimento dos seus lucros, esta empresa acumulou ao longo dos anos 145 mil milhões de dólares. No entanto, no passado mês de Abril, a Apple decidiu endividar-se nos mercados com obrigações …

SMS do Dia

Boa Notícia da Semana: António José Seguro & companheiros tiveram juízo desta vez (mas isso vai durar pouco). Más Notícias da Semana: - O Grupo de Teatro Partidos do Arco Governativo e Actores Convidados está activo, já fez estragos e ainda vai fazer muito mais (num país que tem fronteiras com o mar e com Espanha). …

Do desmantelamento da democracia usando técnicas inovadoras em Portugal, no século XXI

Graças às técnicas inovadoras vindas de cérebros ultra-inteligentes, podemos hoje escrever, com tristeza mas com certezas, que a democracia acaba de ser morta em Portugal pelo neo-liberalismo. Mas vai demorar muito a ser notado no dia-a-dia das pessoas, porque a coisa será feita lei a lei, pessoa a pessoa. Avisem-nos, portanto, quando sua excelência o …