Leituras: O testemunho de José Cardoso Pires

Podemos dizer que da mesma maneira que Aquilino Ribeiro foi testemunha do regicídio, José Cardoso Pires (1925-1998) foi testemunha da repressão do Estado Novo. E isso é especialmente visível nestes dois livros. E Agora, José? Este livro reúne ensaios de José Cardoso Pires sobre vários temas, sobretudo literatura, arte e politica. O título é inspirado …

Anúncios

Feminismo Quotidiano: Querem a CIG uma instituição meramente decorativa (ou então querem que seja extinta)

Quando lês as noticias e parece que o mundo endoideceu… (Quando vemos o que se passa nos outros países, como os Estados Unidos e a França, podemos fingir que não é nada connosco. Quando falamos do nosso próprio país as coisas aquecem. Deve ser por isso que são muito poucas e muito poucos aqueles que …

Criticar os vencedores tem de ser possível! (Maio 2017)

"Não emitas juízos negativos sobre os vencedores, porque são vencedores. Cala-te", dizem-me, referindo-se a Cristiano Ronaldo e Joana Vasconcelos, Salvador Sobral, entre outros. Eu não concordo! Será que alguém por ser vencedor esta acima de observações negativas? Vencendo não tem defeitos? Os vencedores tornam-se automaticamente santos? Pelo amor de Deus! Poupem-me essa censura!

A era da desinformação (Fevereiro 2017)

Desinformação pró-Trump e desinformação anti-Trump. Desinformação pró-governo português e desinformação anti-governo português. Desinformação (escolha você o tema)! Precisamos todos e todas de fazer pesquisas antes de publicar seja o que for nos nossos murais. E ver se as fontes são fidedignas e o que é que elas escondem. Mas quem faz isso?! Ninguém!

Leituras: Enquanto a Europa dormia?! (Novembro 2015)

Gostei - Chama a atenção para o fundamentalismo islâmico, tema tabu. - Chama a atenção para as elites fechadas da Europa: Racismo sob capa do “politicamente correcto”. (Nota: se as elites estão desligadas das pessoas “normais” do próprio país como integrariam melhor os “estrangeiros”? Enfim, estupidez europeia. O autor fala em pilarização europeia). - Os …

Reflexões sobre o ataque ao CHARLIE Hebdo (28-01-2015)

Reflexões sobre o ataque ao CHARLIE Hebdo 1. O que aconteceu em França não pode ser atribuído só à religião. A política e as condições económicas, sociais e culturais das vitimas e dos assassinos também devem ser analisados. 2. Todos são seres humanos, tanto as vítimas como os assassinos. Até Hitler era um ser humano, …