Leituras: Richard Thaler no jardim do paternalismo libertário…

(Decerto não encontrarás neste texto grandes elogios nem uma pretensa análise neutral do livro. Se pretendes esse tipo de prosa decerto a encontrarás noutros blogues, colunas de opinião de alguns jornais e, claro, comentadores de televisão.) Richard Thaler é economista e professor na University of Chicago Booth School of Business. Venceu em 2017 o Prémio …

Anúncios

Leituras: Sapiens, de Yuval Noah Harari!

Sabes que um autor está na moda quando a até a pessoa que menos esperavas fala dele. E quando todos os seus livros estão traduzidos para português. Yuval Noah Harari está na moda em Portugal: não há dúvidas! (Também na moda: Nassim Nicholas Taleb, Daniel Kahneman e Richard Thaler.) (À Margem: Daniel Kahneman é referido …

Leituras: Drácula, de Bram Stoker, ou o vampiro sedutor…

Há obras que têm tanto êxito que os autores originais “desaparecem” no meio de tanta adaptação: assim acontece com Drácula, de Bram Stoker. Bram Stoker foi um irlandês assistente do actor e director de teatro Henry Irving, para além de gestor do Lyceum Theatre, de Londres. Nessa época começou a escrever. Drácula é apenas uma …

Leituras: O Cisne Negro, de Nassim Nicholas Taleb

Nassim Nicholas Taleb é escritor, um negociante nas bolsas de valores (trader) e um erudito em regime de autodidacta, com uma abordagem multidisciplinar acerca das probabilidades. Apaixonado por estatística, tem desenvolvido trabalhos no âmbito da aleatoriedade, probabilidade e incerteza. Escreveu vários artigos científicos sobre estes temas. O Cisne Negro foi o seu segundo livro. Neste …

Leituras: Ficção e autobiografia nos dois primeiros livros de António Lobo Antunes

António Lobo Antunes é hoje um dos maiores escritores portugueses vivos (ele na sua imodéstia também acha e publicita-o nas entrevistas que dá). Mesmo se não tivesse escrito mais nada relevante depois destas duas obras de que vou falar, ambas publicadas em 1979, só por elas já merece todos os prémios. Nestes dois romances - …

Leituras: Quando a China Mandar no Mundo?!… – parte dois

Adenda: Oito Diferenças que Definem a China (1) 1. A China foi primeiro um Estado-civilização (2) e só mais recentemente um Estado-nação. 2. Os chineses têm uma história de relações com vizinhos baseadas no sistema tributário, o que implicava algum tipo de vassalagem dessas nações à China, nomeadamente o pagamento de dinheiro e/ou mercadorias mas …