Leituras: O Cisne Negro, de Nassim Nicholas Taleb

Nassim Nicholas Taleb é escritor, um negociante nas bolsas de valores (trader) e um erudito em regime de autodidacta, com uma abordagem multidisciplinar acerca das probabilidades. Apaixonado por estatística, tem desenvolvido trabalhos no âmbito da aleatoriedade, probabilidade e incerteza. Escreveu vários artigos científicos sobre estes temas. O Cisne Negro foi o seu segundo livro. Neste …

Anúncios

Leituras: Quando a China Mandar no Mundo?!… – parte dois

Adenda: Oito Diferenças que Definem a China (1) 1. A China foi primeiro um Estado-civilização (2) e só mais recentemente um Estado-nação. 2. Os chineses têm uma história de relações com vizinhos baseadas no sistema tributário, o que implicava algum tipo de vassalagem dessas nações à China, nomeadamente o pagamento de dinheiro e/ou mercadorias mas …

Pequena Homenagem a Helena Carvalhão

Há pessoas que nos marcam. Se hoje me interesso por política, filosofia, economia e literatura é porque tive a sorte de conhecer pessoas como Helena Carvalhão (1927-2018). Helena Carvalhão foi minha professora de filosofia no liceu. E também directora de turma. Lembro-me que desenvolveu um projecto especial para a nossa turma, baseada na interdisciplinaridade. Com …

Promoção da leitura e leitura literária em 2017

«Outro aspecto que importa considerar neste balanço prende-se com o Plano Nacional de Leitura (PNL) relançado em 2017 e envolvendo a substituição do anterior comissário. Até ao momento, no entanto, pouco se conhece sobre esse processo de relançamento. Em conferência realizada em Novembro na Gulbenkian, tomaram a palavra ou estiveram presentes pelos menos dois ministros, …

Byung-Chul Han faz uma observação interessante sobre a sociedade digital

«Hoje a percepção não é capaz do silogismo, porque faz incessantemente zapping através de uma rede digital infinita. O que totalmente a dispersa. Só uma demora contemplativa é capaz do silogismo. O fechar os olhos é um símbolo do silogismo. A transformação acelerada de imagens e de informação torna impossível que se fechem os olhos, …

O paradoxo da tolerância

«Menos conhecido é o paradoxo da tolerância: tolerância ilimitada leva ao desaparecimento da tolerância. Se estendermos tolerância ilimitada até mesmo para aqueles que são intolerantes, se não estivermos preparados para defender a sociedade tolerante contra a investida dos intolerantes, então os tolerantes serão destruídos, e a tolerância junto destes.» Karl Popper

Byung-Chul Han explica a alienação de hoje

«O poder de estabilização do sistema não é repressivo mas sedutor O poder de estabilização da sociedade industrial e disciplinar era repressivo. Os operários eram brutalmente explorados pelos proprietários, o que originava actos de protesto e de resistência. Nesse momento, foi possível que uma revolução derrubasse as relações de produção existentes. Nesse sistema de repressão …

Leituras: Psicopolítica!

Byung-Chul Han explica, de forma teórica (como todos os filósofos) porque a sociedade actual cheia de redes sociais, pensamento positivo e programação neurolinguística é alienada. Livro muito bom.

Leituras: Pensamentos de Marco Aurélio

«Não examinar o que se passa na alma dos outros dificilmente fará o infortúnio de alguém; mas os que não seguem com atenção os movimentos das suas próprias almas são fatalmente desditosos.» Marco Aurélio Para saber mais sobre este autor, que foi imperador romano: Marco Aurélio (biografia e citações) The Life of Marcus Aurelius