Portugal, 2018 e o (des)Acordo Ortográfico

«Começou esta semana mais um ano lectivo sem que se tenha alterado uma vírgula nesse monumento à incompetência que é o acordo ortográfico de 1990 (AO90). Promessas de rectificações ou melhoramentos ficaram no limbo, a comissão parlamentar que andou a seguir o assunto ainda não apresentou o relatório final (e seria bom que o fizesse …

Anúncios

Portugal, 2018: Três notícias convenientes

«No dia 7 de Setembro, o ministro da Educação reuniu-se com um conjunto de organizações sindicais de professores. Depois dessa reunião inútil, o Governo decidiu, unilateralmente, apagar mais de seis anos e meio ao tempo de trabalho efectivamente prestado pelos docentes. À decisão, a que, para cúmulo, chamou “bonificação”, oponho um argumento legal, inscrito na …

A sabedoria de Mário de Carvalho

«POUPEM AS CINZAS DA BIBLIOTECA A cultura clássica e as humanidades não são um berloque, nem um devaneio de snobs. São parte duma memória histórica que projecta no futuro a dimensão das interrogações do mundo. Um poder assente sobretudo em agiotagens pretende escondê-la. Os estudos clássicos abrem alternativas de escolha, fazem perguntas, propõem gradações, modelam …

Pequena Homenagem a Helena Carvalhão

Há pessoas que nos marcam. Se hoje me interesso por política, filosofia, economia e literatura é porque tive a sorte de conhecer pessoas como Helena Carvalhão (1927-2018). Helena Carvalhão foi minha professora de filosofia no liceu. E também directora de turma. Lembro-me que desenvolveu um projecto especial para a nossa turma, baseada na interdisciplinaridade. Com …

O lugar do livro no ensino: problemas e ideias, um subsídio

«Numa polémica recente, quer José Pacheco Pereira, quer António Guerreiro dissertaram sobre o lugar do livro (e da leitura, ou de certo tipo de leituras) na sociedade actual. O historiador, a pretexto do fecho de livrarias como a Leitura, no Porto, ou a Pó dos Livros, em Lisboa, coloca o dedo na ferida ao considerar …