Personalidades do Ano 2018

  Personalidades do Ano em Leiria e Região - Annarella Academia Cubana De Ballet e Dança - José Vitorino Guerra - Paulo Lameiro (1) - David Fonseca (1) - Movimento do Centro contra Exploração de Gás e cidadãos da Bajouca - Hugo Ferreira (Omnichord Records) - Leirienses campeões europeus de andebol em cadeira de rodas …

Anúncios

Factos do Ano 2018

Factos do Ano em Leiria e Região - Construção do muro ao pé do Mosteiro da Batalha - A Câmara Municipal da Leiria conseguiu uma solução para a urbanização Vale da Cabrita, ao fim de 20 anos - A Câmara Municipal da Ourém propõe taxa turística; hoteleiros de Fátima dizem não à taxa turística e …

Neoliberalismo, o caminho sombrio para o fascismo

«O neoliberalismo como teoria económica sempre foi um absurdo. Tinha tanta validade quanto as ideologias dominantes do passado, como o direito divino dos reis e a crença fascista no Übermensch . Nenhuma das suas alardeadas promessas era remotamente possível. Ao concentrar a riqueza nas mãos de uma elite oligárquica global – oito famílias detêm hoje …

A sabedoria de João Bernardo

«A esquerda do século XXI substituiu o sujeito histórico classe trabalhadora por uma multiplicidade de sujeitos: os dois sexos, para os quais curiosamente se abandonou a denominação biológica e se adoptou a denominação gramatical de géneros; as preferências sexuais; as etnias; as nações; as tradições culturais. Paradoxalmente, esta substituição ocorre na época em que o …

Portugal, 2018: Três notícias convenientes

«No dia 7 de Setembro, o ministro da Educação reuniu-se com um conjunto de organizações sindicais de professores. Depois dessa reunião inútil, o Governo decidiu, unilateralmente, apagar mais de seis anos e meio ao tempo de trabalho efectivamente prestado pelos docentes. À decisão, a que, para cúmulo, chamou “bonificação”, oponho um argumento legal, inscrito na …

Dizem-me que o aumento da extrema-direita nos anos recentes…

«Dizem-me que o aumento da extrema-direita nos anos recentes — do Brexit a Trump, passando pela França, Itália, Hungria, Holanda, Suécia — tem que ver com o modo como esta conseguiu tomar contar dos media, e criar um discurso beligerante sem oposição. Que nos tornámos demasiado passivos e passámos a aceitar tudo como Liberdade de Expressão. …