Leituras: Quando a China Mandar no Mundo?!… – parte dois

Adenda: Oito Diferenças que Definem a China (1) 1. A China foi primeiro um Estado-civilização (2) e só mais recentemente um Estado-nação. 2. Os chineses têm uma história de relações com vizinhos baseadas no sistema tributário, o que implicava algum tipo de vassalagem dessas nações à China, nomeadamente o pagamento de dinheiro e/ou mercadorias mas …

Anúncios

Leituras: Quando a China Mandar no Mundo?!… – parte um

Martin Jacques é um jornalista, editor, académico e politico britânico. Mais propriamente: começou se inscrever no Partido Comunista da Grã-Bretanha enquanto estudante e foi editor da revista britânica Marxism Today desde 1977 até ao seu encerramento, em 1991. Foi depois co-fundador do think tank Demos. Foi também professor universitário e investigador em história. Fez comentário …

Modelo Chinês ou Consenso de Pequim

«O académico chinês Zhang Wei Wei argumentou que o modelo chinês combina uma série de diferentes características.  Em contraste com o agora desacreditado Consenso de Washington, rejeita a terapia de choque e a grande explosão, em favor de um processo de reforma gradual, baseado no trabalho sobre as instituições existentes. Baseia-se num forte Estado desenvolvimentista, …

Byung-Chul Han explica a alienação de hoje

«O poder de estabilização do sistema não é repressivo mas sedutor O poder de estabilização da sociedade industrial e disciplinar era repressivo. Os operários eram brutalmente explorados pelos proprietários, o que originava actos de protesto e de resistência. Nesse momento, foi possível que uma revolução derrubasse as relações de produção existentes. Nesse sistema de repressão …

Clima e doenças

Sendo o aquecimento global um mito, ou não, duas coisas estão certas: - As causas das alterações climatéricas são 90% humanas e 10% naturais. E por humanas podemos entender todas as muitas consequências negativas daquilo a que muito optimisticamente se chama progresso. Todos os tipos de irresponsabilidade individual, visto que o mito do bom ser …

Sobre Ideologias e Alternativas

1. As ideologias não morreram. Antes pelo contrário. De facto, a ideologia que está a vencer é a do “mercado livre” (também chamada de neo-liberalismo / liberalismo / conservadorismo / neo-conservadorismo). Vencem os tecnocratas e os políticos-que-sabem-obdecer-aos-tecnocratas. Vencem apenas certas empresas, outras não. Vencem apenas certas pessoas, outras não. Os neo-liberais-darwinistas-sociais gostam muito de apontar …

Para Que Conste 23

- «O Presidente da República leu no 39.º Aniversário do 25 de Abril o mais aporético e contraditório discurso da história da III República. Denunciou a  incompetência da troika, mas saudou o doloroso cumprimento do seu insensato programa pelo esforçado povo português. Apelou a uma mudança do rumo da Europa, mas concordou com a tese …

Pensamento do Mês

«Para fazer com que uma medida inaceitável passe a ser aceita basta aplicá-la gradualmente, a conta-gotas, por anos consecutivos. Dessa maneira, condições socioeconômicas radicalmente novas (neoliberalismo) foram impostas durante as décadas de 1980 e 1990. Estado mínimo, privatizações, precariedade, flexibilidade, desemprego em massa, salários que já não asseguram ingressos decentes, tantas mudanças que teriam provocado …