É natural? Boa pergunta! Uma reflexão…

Introdução (Este texto não é um comentário ao que aos oradores disseram no TEDxPorto 2018 mas ao tema do mesmo.) Quem, como eu, gosta de ouvir e fazer discursos, fica com pena de não ser possível participar no TEDxPorto 2018, que aconteceu na semana passada, dia 14 de Abril. Tema: “É Natural?”. Apresenta-se o evento, …

Anúncios

Foi um debate mas também foi outra(s) coisa(s)

Fui assistir a um debate sobre um tema muito interessante e muito actual: inteligência artificial! Sobre o debate: Os convidados / oradores pareceram-me ser pessoas conhecedoras do assunto e bem formadas. O moderador esteve extremamente bem no seu papel! Mas... quem assistia ao debate era convidado constantemente a votar através de uma app, respondendo assim …

Razões para o sucesso das telenovelas da TVI (e das telenovelas portuguesas em geral)

Já não há motivo para analisar as telenovelas da televisão portuguesa. O diagnóstico é crítico: enredos sem pés nem cabeça e temporadas infindáveis! Este post limita-se a tentar perceber porque as pessoas as vêem. Dirige-se de maneira particular às telenovelas da TVI mas a lista seguinte também de aplica às dos outros canais do TDT. …

Feminismo Quotidiano: Querem a CIG uma instituição meramente decorativa (ou então querem que seja extinta)

Quando lês as noticias e parece que o mundo endoideceu… (Quando vemos o que se passa nos outros países, como os Estados Unidos e a França, podemos fingir que não é nada connosco. Quando falamos do nosso próprio país as coisas aquecem. Deve ser por isso que são muito poucas e muito poucos aqueles que …

Reflexões sobre o ataque ao CHARLIE Hebdo (28-01-2015)

Reflexões sobre o ataque ao CHARLIE Hebdo 1. O que aconteceu em França não pode ser atribuído só à religião. A política e as condições económicas, sociais e culturais das vitimas e dos assassinos também devem ser analisados. 2. Todos são seres humanos, tanto as vítimas como os assassinos. Até Hitler era um ser humano, …

Leiria, 2014: O alternativo é o novo mainstream?

«E vai daí, parece que a chamada ‘Grande Cultura’ (a dominante, a predominante, a reinante… essa toda!) já não é aquela coisa inquestionável, indiscutível, incontestável. O espectro alargou-se de tal forma que o alternativo é o novo mainstream. Será? A boa notícia é que quando se vai aos saldos, já não é preciso gramar com …

A seguir em 2014…

«(...) Janeiro/Fevereiro – CDS e PSD reunem os seus congressos electivos. E se deles não sairão novos líderes, as moções e discursos balizarão o terreno político que cada um quer trilhar no futuro. Ao mesmo tempo, no Governo, estarão juntos a negociar o pós-troika entre si e com os credores. Março – Na Primavera deverá …