A sabedoria de David Lankes

«Parece que está na hora da biblioteconomia enfrentar as inevitáveis complexidades, confrontos e dores do pós-modernismo.
Uma vez que você aceita que não há neutro, então viver de acordo com nossos valores de diversidade se torna uma luta constante. Uma luta boa e vital, mas luta, no entanto. Nossa retórica sobre nobreza e mudança positiva encontra o mundo real onde escolhas sempre são feitas e sempre abertas para análise crítica.
Acredito que este será um óptimo período para a biblioteconomia, mas não será fácil nem limpo. Será confuso, político e, em última análise, pessoal.
Estamos prontos para o desafio, mas devemos primeiro reconhecê-lo, e muito mais difícil, reconhecer as nossas falhas passadas. Para sermos aprendizes ao longo da vida, devemos reconhecer que também somos imperfeitos.»
David Lankes (1)

 

36283373_10217313727258882_1774431185330503680_n

(1) No Facebook em 12/07/2018.
Tradução feita por mim.

Anúncios