As opiniões são do tamanho delas e uma das vantagens dos blogues

opiniao1

Desde que reiniciei as publicações regulares neste blogue que tenho tropeçado naquilo que se pode designar como “tesourinhos deprimentes” (aceitam-se sugestões de designações alternativas) da blogosfera portuguesa. Esta semana encontrei mais um:

Opiniões e opiniiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiões

Analisando:

Os textos grandes têm legitimidade de existir. Muitos textos pequenos insinuam muito e não dizem nada!

Palavreado inútil e floreados em textos e/ou discursos é mau.
Se um texto tem palavreado inútil é automaticamente desqualificado: provavelmente não o lerei. Se não tem vou lê-lo de certeza, seja grande ou pequeno. De facto procuram-se textos simples, directos, sem rodeios, embora alguns textos que não são nada disso merecem ser lidos; outros não.

Uma das vantagens dos blogues é que não temos limites de caracteres e ainda bem.
A melhor parte de ter blogue é poder escrever sem limite de caracteres. Por outro lado isso dá a quem escreve em blogues uma responsabilidade: não escrever nada que considere inútil.
O Twitter nasceu em 2006 e tinha como limite 140 caracteres (actualmente são 280): não dá para analisar nada profundamente, só mandar mensagens breves e linques.
Experimentei ter uma página no Facebook não agregada a nenhum blogue e achei que era uma coisa claustrofóbica. Claro que no Facebook não há limite de caracteres. Mas estás sempre a stressar: “ninguém me vai ler porque me estou a alongar”.
Num blogue sabes que quase ninguém te lerá (existem tantos blogues!) mas haverá sempre uma ou duas pessoas que guardarão o linque do teu texto para ler mais tarde. Há esperança, portanto!

E pronto, já me alonguei mas a ideia era mesmo alongar-me para tentar explicar algo que devia ser óbvio!

Anúncios

Uma resposta para “As opiniões são do tamanho delas e uma das vantagens dos blogues”

Os comentários estão fechados.