A demagogia é uma arma perigosa!

Primeiro começa-se por dizer mal dos políticos: porque há sempre razões para isso! Os políticos são corruptos, interessam-se mais pela riqueza dos ricos do que pela pobreza dos pobres e da classe média.

Para além disso obedecem à União Europeia. E nós podemos criticá-los por obedecerem à União Europeia e por desobedecerem à mesma. De preferência até podemos fazer numa mesma conversa ambas as críticas. (1)

E depois há corrupção no futebol, mas a culpa é dos políticos.

E depois há violência no futebol, mas a culpa é dos políticos.

E depois há problemas na educação (e aos professoras não dão Muito Bom a todos), mas a culpa é SÓ dos políticos. (2)

Depois da situação da floresta, mas a culpa é SÓ dos políticos. (3)

Porque os portugueses, claro, não tem culpa nenhuma.

(Os portugueses, pessoas que têm uma memória muito curta e muito selectiva.).

Os portugueses nunca, jamais, elegem políticos sem méritos.

(Eles elegem-se sozinhos?!)

Os portugueses nunca, jamais, apoiam políticos sem méritos!

Um dia, por causa dos políticos (porque a culpa é SÓ deles), vota-se num maluco qualquer, armado em sério e salvador da nação e, finalmente, deixa-se de poder dizer mal do que quer que seja.

Reafirmo: a demagogia é uma arma perigosa. (4)

Image0018

(1) Eu normalmente critico-os quando obedecem porque na maioria das vezes as ideias da União Europeia prejudicam muitos portugueses (e gregos, e espanhóis, e franceses, e alemães, belgas, etc.).

(2) Não haja dúvidas: penso que os políticos portugueses são culpados pela situação da educação portuguesa. Claro que não são eles os ÚNICOS culpados. E é disso que trata este texto.

(3) Ver nota anterior.

(4) Texto parafraseando um texto que João Domingos publicou no Facebook.

Anúncios