As Regras de Ouro Deste Blogue Actualmente

robert_frost_em_algum_ponto_duas_estradas_bifurcavam_nu_lw65mgn
Comecei o meu primeiro blogue em 2004. Este verso de Robert Frost estava no cabeçalho do blogue. Desde então muita coisa aconteceu. E no meio de tudo o que foi acontecendo fui encontrando a minha voz, aquela com que me identifico actualmente. E é por isso que ainda hoje este pensamento faz sentido.
Existem inúmeras formas de escrever um blogue. Existe uma forma de fazer as coisas e o seu contrário. Cada um pode criar o caminho que mais sentido faça para si. Pensa-se que a chave do sucesso seja fazer o que ninguém mais está fazendo. Talvez quem pense assim tenha razão, talvez não. Seja como for, encontrar o próprio caminho muito importante.
Este é o meu, actualmente. Talvez mude no futuro.

– As regras essenciais deste blogue estão aqui: Acerca deste Blogue.

– Aqui seguem-se os princípios do movimento Blogar Lentamente (Slow Blogging)
Descobri o movimento Slow Blogging em 2017. Percebi que era o ideal para mim e que slow blogging desde 2008, sem saber!
Por isso decidi também divulgá-lo. Decidi também traduzir alguns textos, que considero importantes, para português (vê Slow Blogging).
Estes são, portanto, os princípios que procuro seguir neste blogue:
a) Não publicar posts todos os dias.
b) Qualidade sobre quantidade!
c) Ter tempo para Blogar: Pesquisar, Pensar e Criar. Dar um tempo antes de publicar o próximo post.
d) O blogue é um lugar para reflectir. Escrever, por isso, de forma mais consciente e pensada.
e) Manter-me no meu próprio caminho.
f) Criar com propósito e criar um valor exclusivo.
g) Não deixar que o blogue seja o centro da minha vida.
h) Fazer uma pausa de vez em quando.
i) Procurar criar textos profundos, sempre que possível.
j) Acompanhar a evolução das minhas estatísticas, mas não ficar obcecado por elas.

– Este blogue tem sobretudo opiniões minhas e citações que considero relevantes de outros autores.
Tem sobretudo opiniões sobre livros, os media e a vida social, cultural e política.
Tenta-se criar conteúdo útil para alguém, com textos escritos por mim. Claro que o que poderá ser considerado útil por mim poderá ser considerado por outr@s lixo. Mas eu vivo bem com isso.
Tem também citações de outros autores que se considerem relevantes.

Contém spoilers e não tem sinopses.

– Não tem comentários.
Se estás interessad@ em fazer um comentário, usa a página do Facebook do blogue. Ou comenta no teu blogue e faz um linque para o meu, como sugeriu um dia Seth Godin. Ou então contacta-me através do correio electrónico.

– Neste blogue detesta-se o plágio e adora-se a citação!
Plágio é roubo! Atribuir um texto de que gostamos a alguém é, para mim, uma das melhores formas de homenagem. Todos sofremos influencias de outras pessoas e ainda bem.
Por isso sempre que citares um texto meu escrito neste blogue usa aspas (“” ou «»). Eu por aqui uso-as sempre que faço citações, até porque eu adoro fazer citações!

– Escreve-se em português sempre que possível e traduz-se os estrangeirismos (sempre que possível).
Aqui não encontrarás “outfits” mas sim “roupa”, “look” mas sim “aparência”, por exemplo.

– Neste blogue aposta-se na melhoria contínua de cada vez que um post é feito!
E pede-se ajuda aos eventuais leitor@s para a sua detecção e correcção de erros ortográficos, gramaticais ou outros.

– Aqui inventam-se palavras e usam-se palavras inventadas por outros.
Este blogue é um espaço de criatividade!

– Não segue o Acordo Ortográfico!
Como espaço de opinião que é, reserva-se o direito de usar a língua portuguesa de forma a que faça sentido: sem o Acordo Ortográfico, portanto!

– Aqui, às vezes, escreve-se com humor e ironia.

E tu, o que achas destas regras? Tens sugestões para mim?

 

Excertos deste texto foram reproduzidos em: A Mulher do 31.

Inspirada por: A Sofia World, Deixa Ser e The Lifestyle Files.

 

Última Actualização: 20/04/2018

Anúncios