Leituras: O deus das pequenas coisas?

O-Deus-das-Pequenas-CoisasEste livro gira à volta de dois gémeos (Estha e Rahel) e da morte da sua prima Sophia Mol, seguida da morte de um Paravar. Para além da história dos gémeos há toda a história das duas gerações anteriores da sua família a ser contada e essa história interfere na principal.
A propósito deste livro a escritora disse: «O deus das pequenas coisas é a inversão de Deus. Deus é uma coisa grande e está sempre em controlo. O deus das pequenas coisas pode ser a forma como as crianças vêem as coisas ou a vida dos insectos nos livros, os peixes ou as estrelas – é um não-aceitar do que pensamos ser as fronteiras dos adultos».
A estória é um puzzle que o leitor completa à medida que vai lendo. Cada capítulo é mais uma achega para a tragédia futura que sabemos irá acontecer. A autora recorre também, de uma forma muito subtil, ao realismo mágico (parece que o realismo mágico esteve em moda nos anos 90 do século XX).
Gostei do livro. A denúncia do sistema de castas indiano é muito bem feito pela autora. Mas esperava mais da história.

castas-320x260

Para Saber Mais:
O segredo das pequenas coisas
Resenha O deus das pequenas coisas

Debunking the Gandhi Myth: Arundhati Roy

Interesting Arundhati Roy Facts

Anúncios