Leituras: Hygge?!

mw-320Normalmente o que me interessa num livro é um texto. Neste livro aquilo que primeiro me interessou foram as imagens. As ilustrações extremamente sugestivas aquecem a alma!

Meik Wiking é presidente e fundador do Happiness Research Institute da Dinamarca. Estudou gestão e ciência politica.

O livro explica o que é o hygge, um conceito dinamarquês relacionado com felicidade:  hygge significa literalmente “aconchego”.

Embora o autor mostre muitos dados estatísticos, este é claramente um livro de auto-ajuda. É também um bom postal ilustrado turístico do que melhor há na Dinamarca.

O livro explica como os dinamarqueses convivem, o que comem e bebem, a roupa, que actividades fazem dentro e fora de casa, como fazem hyggie o ano inteiro e como tornam o Natal e o Verão hyggie.

Imaginemos um mundo onde todos saem do trabalho às 17h30, vai directo para casa para acendê-la (com luzes e/ou velas) e prepara-se para jantar com os amigos e a família. Ou faz um lanche cheio de coisas doces e bebidas quentes com eles. Muito inspirador! Hyggie permite estar num espaço onde você se sinta seguro e não incomodando com alguém que você não conhece. Portanto hyggie e pilarização fazem o casamento perfeito na sociedade dinamarquesa. Meik Wiking aborda o assunto mas não o explora.

(Importar conceitos parece ser a grande moda portuguesa para o século XXI. Depois do Hyggie da Dinamarca apareceu o Lagom da Suécia e o Ikiggi do Japão. E aparecerão mais modas. Mas nada disso mudará (para o bem e para o mal) o que os portugueses são e serão.)

Acabei por conhecer melhor como vivem e pensam os dinamarqueses e para além disso o livro deu-me boas ideias para passar o Inverno. Por isso gostei do livro. Gostei tanto que o livro sobre likke do mesmo autor está na minha lista de desejos…

Leitura de: Meik Wiking, O livro do hygge (Lisboa, Zero a Oito, 2017)

Sobre este Assunto:

The hygge conspiracy

Hygge à portuguesa. É possível?

640

Anúncios