Para Que Conste 22

Os partidos têm-se tornado antros de corrupção. Mas defender o fim destes é uma forma boazinha de apelar à ditadura. Quem faz isso são os “idiotas úteis”.

Em Chipre “resgate” já rima com roubo.

– Eis que François Hollande anuncia a “austeridade de esquerda“: a profecia cumpre-se.

– Nuno Crato e as suas confusões, desta vez com os exames nacionais do 4º ano. Depois do eduquês, o cratês-eduquês.

– As conclusões da conferência sobre a reforma do Estado encomendada e paga pelo Governo e apresentada como “da sociedade civil” no sítio de um partido do governo? Deve ser engano.

– Vitor Gaspar: o homem que consegue não acertar em nada e repete a receita até ao infinito.

– A escravidão foi promovida a desenvolvimento: Belmiro de Azevedo defende que só há emprego com “mão-de-obra barata”.

Luís Cunha Velho (para recordar agora e mais tarde): «(…) Temos de ver o que agrada aos telespectadores. A TVI gosta dos melhores produtos e quer encontra-los. Mas se eles já foram emitidos uma vez, eu não tenho problemas em emiti-los de novo. O Big Brother Brasil já vai na 14ª edição e em Espanha a mesma coisa. Continuam a ser grandes formatos, porque nunca mais aparecem no mundo outros que se equiparassem. Mas é evidente que a TVI vai ter outros formatos…» (TV Guia, A. 33, nº 1778 (18/02 a 25/02/2013).

Pergunta-se: Para um programa ser bom tem de dar boa audiência? Não será possível criar o hábito nas pessoas de verem realmente bons programas? A cultura de guionismo confortavelmente instalada é um fenómeno global? (Estas perguntas são extensíveis a todos os canais existentes em Portugal, públicos, privados, generalistas, temáticos, por assinatura ou não).

Quando um economista escreve… «definição de economista: na versão macro, especialista que consegue explicar alguns dias depois porque determinada previsão não se concretizou; na versão micro, perito que me fez perder dinheiro e me explica porque é que não resultaram os conselhos que me deu na véspera»… deve meditar bem se está na profissão correta: ou então trata-se apenas de mais um cínico falso.

Última Actualização: 19/03/2013

Anúncios