Deriva Antidemocrática: o poder da censura, perdão… do silêncio

«Acho que se estivéssemos seis meses todos calados, não criássemos mais problemas do que os que já existem e deixássemos as coisas correr, daqui a seis meses, trabalhando, veríamos que as coisas até evoluíram melhor do que o que pensámos»

Marques dos Santos, reitor da Universidade do Porto, esta semana (1)

(1) Notícia da Lusa de 22/05/2012, publicada na Visão Online.

Anúncios

Os comentários estão desativados.