É bom ter tecnologia, mas a tecnologia não é tudo

Saúdo o aparecimento dos Kindle, dos iPad, dos iPhone e de todas as plataformas tecnológicas ao serviço da leitura (de livros, música, filmes e etc.). Daqui uns anos, quando custarem tanto como um leitor de DVD barato também terei um. Mas se aquilo que os mais entusiastas (e endinheirados) desejam se concretizar – a substituição total do livro, dos jornais em papel, da TV “normal” e da rádio por esses suportes – perder-se-á muito. Em termos de iliteracia e em termos de interacção entre as pessoas. Fica só o aviso.

Anúncios