Para que conste 4

obama-nobel-da-pazDiscordo totalmente da atribuição do prémio Nobel da Paz ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pelas razões referidas aqui e por outras que passo a expôr. Se o prémio tivesse sido atribuído em final de mandato seria um prémio que não deixaria de ser polémico, mas seria nalgumas circunstâncias defensável. Mas assim, em início de mandato, e depois de tanto spin pré e pós-eleitoral é uma má escolha. Esta é apenas a vitória do marketing e não da política, uma vitória do mito e não de um homem com obra feita. Muito má escolha do Comité Norueguês do Nobel, cujos membros são escolhidos pelo Parlamento Norueguês.

– Já a Academia Sueca continua a apostar em autores europeus desconhecidos ou controversos. Desta vez a escolha recaiu sobre Herta Müller, uma escritora alemã de origem romena, cuja obra não conheço. É bom existirem estas revelações de escritores desconhecidos. Mas é tempo da atribuição do prémio ser feita a escritores de outros continentes: essa é a única critica feita com a qual concordo (as outras não).

Anúncios

Os comentários estão desativados.