Publicidade Eleitoral: Paulo Rangel e os cartazes-camaleão

rangel1Depois do desastre dos primeiros cartazes do PSD, estes, dedicados às europeias, representam uma evolução positiva do partido.

São vários cartazes, de design semelhante, mas com cores diferentes. Cada um pretende passar uma mensagem diferente. Só consegui arranjar três cartazes deste tipo, mas sei que há mais, noutras cores. Têm o candidato número um do partido – Paulo Rangel, actualmente deputado do PSD e próximo do círculo de poder da líder – em destaque sempre no mesmo local do cartaz, tendo atrás de si umas estrelinhas cinzentas querendo  significar União Europeia. E não é que as coisas estão mesmo cinzentas?! O resultado final até é agradável graficamente.

rangel2

Todos os cartazes têm em comum a ideia de “assinar por baixo“:

– Ou é Paulo Rangel quem assina por baixo do interesse nacional – e aí eu pergunto-me se o único interesse nacional é a reeleição de Durão Barroso (aka José Manuel Barroso) para a chefia da Comissão Europeia ou se há outros interesses nacionais que o PSD queira defender. Sou toda respostas, já que os ecos que oiço dos comícios e aquilo que vou lendo nos sites de internet do PSD não me satizfaz, não responde a essas questões.

– Ou então são apresentadas questões muito gerais e é perguntado ao eleitor se assina por baixo – supondo-se aqui que assinar por baixo é votar PSD. E que se assina por baixo e se deixa tudo com o novo procurador, o PSD. Depois, fica-se passivamente a olhar. Por exemplo, põe-se a questão do uso de fundos europeus para o combate da crise, quando é isso que já está a ser feito e o eleitor não assinou nada por baixo.

rangel3Este cartaz ao lado – o vermelhinho – tem a particularidade de mostrar como as gentes do PSD põe as famílias portuguesas acima das famílias políticas. Por famílias políticas entende-se famílias de partidos que se unem com determinado fim – normalmente de conquista de poder – no Parlamento Europeu. Assim, o PSD, juntamente com o CDS-PP fazem parte do Partido Popular Europeu, um agrupamento partidário de carácter democrata-cristão e neo-liberal-conservador. Daí que seja um bocado irónico, ou talvez não, o uso do vermelho neste cartaz. Vendo bem, o vermelho pode significar perigo. Perigo: palavras ocas.

Nota: Alguém sabe qual a agência que concebeu estes cartazes?

Fonte das Imagens e Leituras Adicionais:

Cartazes Políticos para as Europeias no Indústrias Culturais.

Desilusão de Jorge Ferreira no Eleições 2009.

Contractar profissionais para os cartazes das Europeias no Governo Sombra.

Partido Popular Europeu (na Wikipédia em Português).

European People’s Party (na Wikipédia em Inglês).

Estados membros e fundos europeus financiam plano de estímulo da UE de 130 milhões de euros.

Anúncios