Kundera e a denúncia

Adam Hradilek, é um historiador checo e faz parte do Instituto para o Estudo dos Regimes Totalitários. Pesquisando num relatório da policia checoslovaca uma referencia de que tinha sido o escritor Milan Kundera a denunciar em 1950 o estudante Miroslav Dvořáček, desertor do exército e que tinha estado na República Federal Alemã na Primavera anterior. …

Anúncios